Preço da gasolina subiu 35% em 2021! Inflação no Brasil preocupa!

Advertising
Advertising

Em questão de um ano, foi possível observar que o preço da gasolina subiu consideravelmente, e hoje um motorista que coloque R$ 100,00 de gasolina em seu carro, por exemplo, já não conseguirá 24 litros do combustível, mas sim, 17. Preocupante, não? Confira maiores informações!

Preço da gasolina

Preço da gasolina subiu e seguirá em alta em 2021!

Desde o início do ano vemos aumentos expressivos no custo da gasolina em todo o país. Inclusive, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aponta um aumento de mais de 30% no preço da gasolina.

Preço da gasolina
Advertising
Advertising

Segundo informações da ANP, no mês de agosto de 2021, o preço médio da gasolina era de R$ 5,92 o litro. No entanto, no final de setembro já tínhamos regiões do país vendendo o combustível acima de R$ 7 reais o litro.

Preço da Gasolina é fruto da inflação do Brasil!

Até o presente momento, o custo para a aquisição da gasolina nas bombas tem revelado um aumento superior a 30%, e praticamente 40%, se formos comparar com os últimos 12 meses.

Advertising
Advertising

Economistas têm apontado que essa variação está muito acima da inflação brasileira. Inclusive, o Índice de Preços ao Consumidor Ampla (IPCA) tem revelado um aumento na inflação de 8,99% nos últimos 12 meses.

Apenas para que possamos fazer um comparativo: caso o valor cobrado pela gasolina acompanhasse a inflação do IPCA, por exemplo, atualmente o custo da gasolina estaria girando em torno de R$ 5,80, e não ultrapassando a casa dos R$ 7 reais o litro.

Essa suba do preço da gasolina, acima da inflação do Brasil, faz com que isso afete inúmeros setores econômicos, incluindo o de transportes, alimentação e conta de luz (em função da crise hídrica atual).

Preço da gasolina

O que está por trás dos preços elevados nas bombas?

Boa parte dos cidadãos brasileiros não sabem exatamente o que influencia na determinação do preço da gasolina e tampouco sabem explicar  o que tem ocorrido para que o seu valor esteja sendo reajustado praticamente todos os meses.

Dados revelados pelo ANP mostraram que no último ano, o valor médio cobrado pela gasolina do brasileiro chegou a ter várias subas em um único mês.  Esses constantes reajustes no valor cobrado pelo combustível  são realizados pela própria Petrobrás.

As refinarias de petróleo costumam seguir uma política de preços que almeja acompanhar as cotações determinadas internacionalmente para a definição do preço da gasolina. Para que tenhamos uma noção maior, apenas este ano o valor da gasolina nas refinarias brasileiras teve uma suba de 51%.

Inclusive, o custo para a aquisição do barril de petróleo (Brent), que aliás é uma das principais referencias no âmbito internacional, teve um suba acumulada em praticamente 40%.

O impacto destes aumentos no custo da gasolina ainda não são toda a preocupação que o consumidor final terá, já que além desses reajustes, o preço do combustível também recebe acréscimos por sua distribuição em todo o território nacional e impostos que são aplicados pelo Governo.

O que você achou do nosso conteúdo de hoje? O que a suba no preço da gasolina acabou afetando no seu orçamento? Comente com  a gente abaixo!

artigos relacionados Leia também:
especial
Os melhores cartões de crédito de 2024 Conteúdo desenvolvido por especialistas em crédito

Conheça os melhores cartões de crédito de 2024, cuidadosamente selecionados pela nossa equipe de especialistas em finanças e crédito. Esses cartões oferecem uma variedade de benefícios, desde recompensas generosas até taxas de juros competitivas, garantindo que você encontre a opção perfeita para suas necessidades financeiras.

veja a lista completa